O CENTRO CULTURAL – Camões I.P.

O Centro Cultural Português – Camões I.P.tem como principais atribuições a promoção, no Japão, da língua e cultura portuguesas. Nesse contexto, em janeiro de 1998 foi criado o primeiro Curso de Língua Portuguesa e os primeiros exames de certificação Português Língua Estrangeira – PLE ocorreram em 2000. Ainda na área da língua, tem tido a preocupação de estreitar relações entre as universidades que no Japão incluem a língua portuguesa nos seus currículos e os departamentos de Estudos Luso Brasileiros que conferem licenciatura em língua portuguesa. Nesse âmbito, também cabe apoiar a realização do Concurso Anual de Eloquência em Língua Portuguesa para Estudantes Universitários Japoneses, inicialmente organizado pela Universidade Nanzan de Nagoya e, desde 1981, pela Universidade de Estudos Estrangeiros de Quioto. Através desse concurso, o Instituto Camões premeia os dois primeiros vencedores com bolsas de estudos anuais nas Universidades portuguesas.

Através do Prémio Literário “Rodrigues o Intérprete” distinguem-se bi-anualmente as obras editadas no Japão, em japonês, sobre temas, autores ou traduções portuguesas. Ao longo das suas edições muitos foram os autores premiados, ora com traduções de escritores portugueses, ora com inéditos sobre temas portugueses.

Na área da cultura, o Centro Cultural tem desenvolvido intensa atividade da qual convém destacar as celebrações dos 450 anos da chegada dos portugueses ao Japão, em 1993, a comemoração do centenário do cinema português (1996), a celebração do 4º centenário da morte de Luís Froís, em 1997, os 450 anos da chegada de S. Francisco Xavier ao Japão, em 1999, o 4º centenário da publicação do Vocabulário da Lingoa de Japan (2003) e os 150 anos do nascimento de Wenceslau de Moraes, em 2004.

Quer através destes programas comemorativos, quer em iniciativas regulares, promovem-se os valores da cultura e do património português no Japão, por intermédio de ações que dão a conhecer ou trazem até ao Japão os valores reconhecidos e revelados da cultura portuguesa.

O Camões I.P. criou o endereço Centro Virtual Camões para apoio ao ensino do português, bem como para a divulgação da língua e cultura portuguesa. Através do Centro Virtual Camões pode-se aceder à Biblioteca Digital.

CAMÕES – INSTITUTO DA COOPERAÇÃO E DA LÍNGUA, I.P. (CICL)

O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua I.P., abreviadamente designado por Camões I.P., é um instituto público, integrado na administração indireta do Estado, dotado de autonomia administrativa, financeira e património próprio, que prossegue atribuições do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) sob superintendência e tutela do respetivo Ministro.

O Camões, I.P., tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e coordenar as atividades de cooperação desenvolvidas por outras entidades públicas que participem na execução daquela política e ainda propor e executar a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro, assegurar a presença de leitores de português nas universidades estrangeiras e gerir a rede de ensino de português no estrangeiro a nível básico e secundário.

O Instituto de Cooperação e da Língua, I.P. resulta da fusão, em 2012, do INSTITUTO CAMÕES e do IPAD – INSTITUTO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO.

O nome do Instituto é homenagem ao poeta mais célebre da literatura portuguesa, Luís Vaz de Camões (1524?-1580), autor, entre outras obras, do poema épico “Os Lusíadas” (1572), cujo tema central é a descoberta do caminho marítimo para a Índia (1497-1499) por Vasco da Gama.





Mensagem direta

Utilize o formulário abaixo para enviar uma mensagem.

O seu nome (obrigatório)


O seu e-mail (obrigatório)


Assunto


A sua mensagem


Cod. de Verificação
captcha


Ligações úteis: