Património Cultural e Imaterial da Humanidade

Em 2012, o Fado foi considerado Património Cultural e Imaterial da Humanidade.

 «Fado», José Malhoa (1910)

«Fado», José Malhoa (1910)

Após a adoção da Convenção para a Proteção do Património Mundial, Cultural e Natural , em 1972, a UNESCO viria a adotar, em 1989, a Recomendação para a Salvaguarda da Cultura Tradicional e do Folclore. Em 1999, o Conselho Executivo da Organização criou a Proclamação das Obras Primas do Património Oral e Imaterial da Humanidade, para distinguir os exemplos mais notáveis de espaços culturais ou formas de expressão popular e tradicional, tais como as línguas, a literatura oral, a música, a dança, os jogos, a mitologia, rituais, costumes, artesanato, arquitetura e outras artes, bem como formas tradicionais de comunicação e informação. Foram realizadas três edições de Proclamações, em 2001, 2003 e 2005.

Casas de Fado em Tóquio