S. Francisco Xavier (1506-1552)

 xavier_manuel-henriques[1]1506-04-07 – Nasce no castelo de Xavier, Reino de Navarra.

1525-1539 – Em Paris, segue a carreira das Letras. Interno no Colégio Português de Santa Bárbara (dirigido por Diogo de Gouveia), frequenta o curso de Filosofia, graduando-se em bacharel, licenciado (1530) e depois mestre, fazendo, em simultâneo, Humanidades no Colégio de Montaigu. No Colégio de Santa Bárbara tem como companheiro Inácio de Loyola.

1534 – Xavier, Loyola, Le Fèvre, Salmerón, Afonso de Bobadilha, Laínez e Simão Rodrigues reúnem-se em Montmartre, fazendo votos de viajar até à Terra Santa.

1537 – É ordenado presbítero em Veneza.

1538 – Chega a Roma com Afonso de Bobadilha, juntando-se a Inácio de Loyola e outros companheiros de Paris.

1539-09.03 – O Papa Paulo III aprova a Companhia de Jesus.

1540 – Chega a Lisboa em cumprimento de um pedido do rei português D. João III, que solicitara ao Papa autorização para enviar um grupo de jesuítas para missionar no Oriente.

1541 – É enviado para a Índia, credenciado pelo papa Paulo III, que o nomeia seu legado ou núncio apostólico, ficando Simão Rodrigues em Portugal para ali estabelecer a Companhia de Jesus.

1546 – Parte em missionação para as Molucas, Ternate, Ilha de Moro e Malaca.

1547-49 -Regressa à Índia. A Companhia de Jesus estabelece-se em Goa, Pescaria, Travancor, Molucas, Malaca, S.Tomé-de-Meliapor, Coulão, Baçaim, Ormuz.

1549 – Parte para o Japão.

1551 – Assumindo hábitos e trajes japoneses, consegue que o senhor de Yamaguchi, Ouchi Yoshitaka, o autorize a evangelizar. Instala as cristandades de Kagoshima, Yamaguchi e Bungo (actual Oita), que deixa ao cuidado de outros companheiros enquanto regressa à Índia.

1552 – Manifesta intenção de partir a evangelizar a China, mas ao chegar à ilha de Sanchoão adoece e acaba por morrer em Dezembro.

mmmaio2006-f51

Bibliografia a consultar:

“Zabieru no Mita Nippon” Peter Milward, Kodansha

 “Kirishitan no seiki –Zabieru tonichi kara sakoku made” Koichiro Takase, Iwanami shoten

 Sei Francisco de Zabieru sho kansho” Iwanami shoten

 “Zabieru to sono deshi” Kata Otohiko, Kodansha

 “Zabieru wo tsuretekita otoko” Michio Umekita, Shinchosha

 “Zabieru no nazo” Kaoru Furukawa, Bungeishunju

 “Harukanaru Zabieru” Toshiki Yamamoto, Bungeisha

 “Zabieru” Satoru Ohara, Shimizu shoin

 “Zabieru no umi – Portugal ‘Umino Teikoku’ to Nippon” Masakatsu Miyazaki, Hara shobo

 “Tanegashima no teppo to Zabieru” Yuumi Ishihara, PHP Kenkyujo

 “Sei Furansisko Zabieru zenshokan” Yoshinori Kono, Heibonsha

 “Sei Furansisuko Zabieru zen shogai” Yoshinori Kono, Heibonsha

 “Furansisuko Zabieru” Masakazu Asami, Yamakawa Shuppansha

 “Zabieru to Nippon” Hisahi Kishino, Yoshikawa Kobunkan

“Zabieru to Yajirou no tabi” Hirondo Ozumi, Ashi shobo

 “Zabieru kara hajimatta Nippon no kyokai no rekishi” Diego Yuki, Joshi Paulo kai

 “Senkyoshi Zabieru no yume” Yoshinobu Shiraishi, Kogensha

 “Ikita, Aishita – Furansisuko Zabieru no boken” Seiichi Yashiro, Kadokawa Haruki Jimusho

 “Nippon wo kaeta! Tanegashima no teppo to Zabieru no jujika” Yuumi Ishihara, Seihodo

 “Zabieru no mita Oita” Tomohiro Kato, Ashi shobo