Prémio Joana Abranches Pinto

Prémio Joana Abranches Pinto

O Prémio Joana Abranches Pinto, atribuído pela Embaixada de Portugal em Tóquio, foi instituído em 2010 pela Sra. D. Joana Abranches Pinto, antiga Vice-Cônsul da Embaixada de Portugal em Tóquio e filha do conceituado historiador e Professor de Língua Portuguesa da Universidade de Estudos Estrangeiros de Tóquio, Profº João Abranches Pinto.

O Prémio destina-se a indivíduos de nacionalidade japonesa ou portuguesa, cujos trabalhos no domínio cultural se tenham destacado na promoção das relações Luso-Nipónicas. O Prémio Joana Abranches Pinto é concedido alternadamente a projetos e trabalhos nas seguintes áreas:

– Artes Plásticas (Pintura, Escultura, Desenho, Cerâmica e Fotografia)

– Arquitetura

– Música

– Cinema, Teatro e Audiovisuais

Cada ano será escolhida uma destas áreas para atribuição do prémio. Cabendo à Embaixada de Portugal em Tóquio decidir, com pelo menos um ano de antecedência, qual das áreas acima mencionadas será a escolhida.

A primeira edição deste Prémio (2010) foi destinada a trabalhos na área das Artes Plásticas. O processo de candidatura ao presente Prémio durou de Outubro de 2008 a Outubro de 2009. O prémio, anunciado em Maio de 2010, foi atribuído ao artista Jun Shirasu.

O citado prémio é atribuído bi-anualmente, consistindo num diploma, medalha e montante pecuniário de 500.000 ienes. Todavia, poderá não ser atribuído, caso as candidaturas não preencham os requisitos de qualidade e excelência, condição excecional definida apenas pela Embaixada de Portugal em Tóquio.

Podem concorrer a este prémio todos os cidadãos portugueses e japoneses que apresentem trabalhos nas áreas acima mencionadas.

As candidaturas ao Prémio serão enviadas para a seguinte morada: (ver regulamento).

Formulário de inscrição(PDF)