A cidade de Guimarãesfoi oficialmente designada, em Bruxelas, Capital Europeia da Cultura em 2012, em conjunto com a cidade eslovena de Maribor. A decisão foi tomada pelos ministros da Cultura da União Europeia.

A decisão dos ministros dos 27 de escolher Guimarães encerra um processo de selecção iniciado há mais de dois anos. A candidatura de Guimarães, classificada pela UNESCO Património da Humanidade, foi lançada no final de 2006 pela então ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima.

A designação «Capital Europeia da Cultura» é uma iniciativa da Grécia, aprovada em 1985, com o objectivo de contribuir para a aproximação entre os povos europeus.

Lisboa, em 1994, e Porto, em 2001, neste caso em conjunto com a cidade holandesa de Roterdão, também já ostentaram a designação de Capital Europeia da Cultura.