(Lusa 06 Junho 2009)

Mariza irá este ano, pela primeira vez, ao Japão, disse à Lusa a cantora que acrescentou que em Julho actuará com Chucho Valdez no North Sea Jazz Festival, na Holanda.

“Finalmente irei ao Japão, estão reunidas as condições que pretendia, e em Outubro irei apresentar-me em Tóquio e noutras cidades”, disse Mariza à Lusa.

A cantora afirmou que a ida ao Japão se integra na digressão asiática que a levará também à Austrália.

Macau, Coreia do Sul e Tailândia, onde a fadista já actuou, são outras etapas desta viagem ao Oriente.

No próximo mês de Julho Mariza actuará em Roma no Auditorium Parco della Musica Cavea e em Milão, no Festival Villa Arconati.

Também em Julho, na Holanda, Mariza integra o cartaz do North Sea Jazz Festival, onde subirá ao palco ao lado do pianista cubano Chucho Valdez.

Desde o seu lançamento, em Junho de 2008, o álbum “Terra” obteve duas nomeações para os Grammy Latinos, e foi dupla platina em Portugal (40 mil discos vendidos).

Este ano Mariza recebeu o Globo de Ouro para a Melhor Intérprete nacional.

A intérprete de “Alfama”, tema de Amália que incluiu neste álbum, tem-se apresentado desde o Verão do ano passado em Espanha, Andorra, Bélgica, Holanda, Bulgária, Alemanha, Reino Unido, Suíça, Áustria, Noruega, Hungria, França, Letónia, Sérvia, num total de 116 espectáculos.

Em Maio terminou a mais longa digressão à América do Norte, onde actuou durante três meses em palcos canadianos e norte-americanos.

Em declarações à Lusa, a criadora de “Pequenas verdades” afirmou ser “muito bem recebida” nos Estados Unidos, onde uma televisão local prepara um documentário sobre a sua carreira prestes a fazer dez anos.