Os sítios cristãos clandestinos da região de Nagasaki  e em Amakusa  onde comunidades missionárias ibéricas tiveram um papel determinante, no século XVI, foram classificados no passado dia 30 de junho como Património Mundial da UNESCO.

O Embaixador Francisco Xavier Esteves enviou uma mensagem a Nagasaki e Amakusa para felicitar.
Tóquio, 3 de julho de 2018
Foi com enorme satisfação que tomei conhecimento da classificação das “Localidades Ligadas ao Cristianismo do Japão” como Património Mundial da UNESCO.
Sendo estas as localidades onde os missionários portugueses marcaram a sua presença, esta classificação tem, sem dúvida, um grande significado para Portugal.

É meu sincero desejo que, graças a este acontecimento, as localidades possam receber mais visitantes e dar a conhecer mais da História japonesa, para a qual Portugal também contribuiu.
Francisco Xavier Esteves
Embaixador de Portugalr.

Mensagem SEXA Cristianismo UNESCO