A Instalação do MedoEU Film Days 2019
https://eufilmdays.jp/en/
A Embaixada de Portugal, em conjunto com a Delegação da União Europeia no Japão e as restantes embaixadas dos Estados-Membros da EU coorganiza, desde 2003, o festival de cinema – “EU Film Days“.
Este ano, o festival decorrerá em quatro cidades: Tóquio, Quioto, Hiroshima e Fukuoka entre junho e julho e tem como objetivo a divulgação e promoção da diversidade do cinema europeu.
Em cada edição, o festival tem atraído um número cada vez maior de audiência, com as salas praticamente esgotadas em todas as sessões apresentadas.
Nesta 17ª Edição do festival, irão ser apresentados filmes de 22 países da União Europeia, sendo 14 dos quais apresentados pela primeira vez no Japão.
Portugal apresentará 3 curtas-metragens em Tóquio, Quioto e Hiroshima:
“Aquaparque” (Ana Moreira)
A primeira obra realizada por Ana Moreira, a atriz bem conhecida do público japonês pelas atuações em “Tabu” (Miguel Gomes) e “Amantes na Fronteira” (Atushi Funahashi). O filme venceu o Melhor Prémio no Festival de Curtas Metragens de Vila de Conde e tem sido convidado para vários festivais de cinema.
“A Instalação do Medo” (Ricardo Leite)
A curta-metragem que se baseia num romance do mesmo título da autoria de Rui Zink, o escritor que subiu ao palco do 1º Festival de Literatura Europeia no Japão, em 2017.
“Como Fernando Pessoa Salvou Portugal” (Eugéne Green)´
Protagonizado por Carloto Cotta, o ator principal de “Tabu” e que esteve no Japão, em 2014, na ocasião da realização do evento cinematográfico organizado pela Embaixada de Portugal, “Cinema Português Contemporâneo com Carloto Cota”.
Baseia-se na história real, embora pouco conhecida, que envolve o “slogan” criado por Fernando Pessoa para a Coca-Cola (“Primeiro estranha-se, Depois entranha-se”), que é alvo da censura do Estado Novo e resulta na proibição da importação da bebida mais famosa do mundo em Portugal durante quase meio século.
As sessões em Tóquio, no National Film Archive, serão seguidas por palestras sobre o cinema português:
08 de junho (sábado) 16:00 – (Nao Sawada, o tradutor de Fernando Pessoa) e Kazufumi Watanabe (Embaixada de Portugal em Tóquio)
11 de junho (terça-feira) 19:00 – (Hidenori Okada, do National Film Archive e Maho Kinoshita, tradutora dos filmes apresentados e funcionária do Centro Cultural Português em Tóquio)
Kyoto Museum
27 de junho (quinta-feira) 13:30 –
30 de junho (domingo) 17:00 –
Hiroshima City Cinematographic and Audio-visual Library
13 de julho (sábado) 17:00 –
Não perca esta oportunidade única para ver filmes europeus de qualidade a um preço bastante acessível (menos de um terço do preço normal de bilheteira)!!

A Instalação do Medo Aquaparque Como Fernando Pessoa Salvou Portugal