Terão lugar no próximo dia 6 de outubro as eleições para a Assembleia da República. Nos termos da Lei Eleitoral em vigor poderão exercer o direito de voto antecipado os seguintes eleitores recenseados em território nacional quando deslocados no estrangeiro:

 a) Por inerência de funções públicas ou privadas;

 b) Em representação oficial da seleção nacional, organizada por federação desportiva dotada de estatuto de utilidade pública desportiva;

 c) Enquanto estudante investigador, docente e bolseiro de investigação em instituição de ensino superior, unidade de investigação ou equiparada reconhecida pelo Ministério competente;

 d) Doente em tratamento;

Ou

e) Se vive e acompanha os eleitores mencionados nas alíneas anteriores.

O  voto antecipado dos eleitores acima mencionados poderá ser exercido, na Secção Consular da Embaixada, nos dias 24, 25 e 26 de setembro 2019, das 9h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00

Deverá vir munido de cartão de cidadão, bilhete de identidade (ou outro documento identificativo como passaporte ou carta de condução) e de documento comprovativo da permanência neste país, emitido pelo superior hierárquico ou pela entidade competente.