As autoridades japonesas continuam a monitorar a situação relativa ao coronavírus e a emitir informação atualizada em:

https://www.metro.tokyo.lg.jp/english/topics/2020/0128_00.html  (em inglês)

https://www3.nhk.or.jp/nhkworld/en/news/tags/82/ (em inglês)

Os coronavírus fazem parte de uma grande família de vírus, capazes de provocarem infecções leves como os casos de gripe e mais graves como o Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) sendo propagados através do espirro, tosse ou contato direto.

O Ministério da Saúde japonês aconselha quem tenha febre e tosse deverá consultar um médico sendo igualmente aconselhável o uso de máscara. As medidas de prevenção são a utilização de máscara em lugares públicos e de grande concentração e lavar / desinfetar as mãos com frequência. Estas autoridades emitiram alertas para que os cidadãos que tenham sintomas de febre e tosse reportem a sua condição de saúde ao desembarcarem no Japão.

Os aeroportos e portos no Japão não autorizam a entrada em território japonês de estrangeiros que tenham estado na província de Hubei (China) nos últimos 14 dias. Permanecem as medidas de vigilância e prevenção através do reforço do controlo no desembarque de passageiros, medição da temperatura dos passageiros antes dos procedimentos de entrada no país e medidas de quarentena obrigatórias  em casos suspeitos. Também a Organização Nacional de Turismo do Japão (JNTO) disponibiliza uma linha de apoio e informação  em inglês 24 horas/365 dias através do telefone 050-3816-2787 (fora do Japão marcar : +81-50-3816-2787).

Estas medidas deverão continuar em vigor por enquanto sem data limite.

Mais informações consultar site da Organização Mundial de Saúde em https://www.who.int/csr/don/en/